Tendência: Empresário Será Candidato à Prefeitura de SP Pelo PSDB

E pra quem está atento aos acontecimentos do país é bem óbvio que o povo brasileiro está cansado e desacreditado da classe política. Isso abre espaço para uma nova leva de potenciais candidatos a cargos políticos, não necessariamente ligados à política em si e antigamente bastante vilanizados no Brasil: os empresários.

Espertamente detectando e seguindo essa tendência, o PSDB teve esses dias suas prévias para definir o candidato que apresentará à Prefeitura de São Paulo, para combater o PT. O escolhido foi João Dória Jr, que venceu as prévias após a desistência do seu adversário, Andrea Matarazzo e sua subsequente desfiliação do partido.

Pra quem não conhece, Dória comanda um talk show na Rede Bandeirantes, é presidente do conselho da Casa Cor e tem sua própria empresa, a Doria e Associados, onde lidera mais de 700 empregados entre diretos e indiretos. É casado e pai de 3 filhos. 

Dória não tem muita experiência como político – apesar de seu pai, deputado federal, ter sido cassado em 1964 – sempre se interessou pela comunicação. Chegou a apresentar o programa O Aprendiz na Rede Record, o programa que Trump apresentou nos Estados Unidos, mas ao contrário de sua contraparte americana ele não é adepto ao radicalismo – exceto quando é contra o PT.

Avisado de que Lula “entraria na briga” da prefeitura de SP para defender o “filhote” Haddad, disparou:

“É uma eleição municipal, sim, mas será uma eleição nacional, porque o Lula ja disse que vem para defender o seu filhote, Fernando Haddad. Venha defender o pior prefeito da história de São Paulo. Não com militante pago com R$ 30, sanduíche e refrigerante, é com o povo. Nós vamos mostrar com programas, propostas e iniciativas o que é o PSDB”

error: Conteúdo Protegido!