Quem é o novo Ministro da Justiça?

Osmar Serraglio. Os ‘mais antigos’ podem se lembrar desse nome – os ‘menos antigos’ também. Os destaques: foi parte da Tropa de Choque de Eduardo Cunha, presidiu a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, foi eleito deputado federal cinco vezes, foi relator da CPI dos Correios e relator da PEC que tira da FUNAI e passa para o Congresso a demarcação de terras indígenas.

Tem 68 anos, é afinado com a bancada ruralista e foi aluno de Michel Temer .

Sobre a Lava Jato, Serraglio afirmou com todas as letras que não irá interferir na operação… e inclusive vai ajudar:

“No que depender de nós para que a Operação Lava Jato tenha o êxito que a população espera, pode contar, que nós tomaremos as providências necessárias”

Também prometeu manter Leandro Daiello como diretor geral da Polícia Federal – “a não ser que ele queira sair”.

É a favor da Delação Premiada e coincidentemente está envolvido com a PEC que proíbe a indicação de ministros para vagas no STF – ainda bem que não conseguiu antes, ou não teria a vaguinha no ministério da justiça né Serraglio?

Com a indicação de Serraglio,  Michel Temer pretende pacificar a base do PMDB, que andava descontente por estar perdendo espaço no governo para o PSDB. Claro, a encrenca ainda não acabou. Com a saída de Serra, Temer ainda estará sofrendo mais pressões até definir seu substituto. Tudo isso e ainda perder Padilha na Casa Civil….

Vida de presidente…

error: Conteúdo Protegido!