Oposição Entra com Queixa Crime Contra Dilma

Se o Governo não está pra brincadeiras, a oposição também não está. Liderados pelo Democratas os oposicionsta entraram com uma queixa-crime junto à Polícia Federal contra a PresidAnta Dilma e seu Ministro Molusco, Lula por compra de votos de deputados. Governadores que se uniram a Dilma para pressionar os deputados de seus estados também deverão ser incluídos na denúncia. Além disso, devem pedir abertura de inquérito e de busca e apreensão de provas no hotel de Brasília onde Lula montou um QG. O pedido vai assinado pelos líderes do DEM, PSDB, PPS, Solidariedade e vai ser protocolado junto à Procuradoria Geral da República.

O deputado Mendonça Filho, do Democratas, explica: “Você não pode usar recursos públicos para converter votos de deputados. Isso é uso da máquina pública em benefício próprio. É desvio de finalidade, uma repetição do método petista que levou ao mensalão e ao petrolão, mais um escândalo para ganhar na mão grande. Um crime praticado contra atuação legítima dos parlamentares, que têm o direito e o dever de votar livres, não sob um processo de intimidação patrocinado pelo governo Dilma Rousseff.” O deputado disse que o governo promove nomeações, demarcação de terras e liberação de recursos para Estados e municípios como “moeda de troca” pelo voto. 

Um exemplo desse tipo de corrupção seria a recente transferência de terras da União ao Estado do Amapá, governado por Waldez Góes (PDT), aliado do clã Sarney. Essa transferência era um antigo pleito do Estado, um dos últimos que deixou de ser território federal, em 1988, e foi assinada nesta sexta-feir­­­a no Palácio do Planalto, na presença de parlamentares do Estado e de Waldez Góes. Essa transferência é apontada como corrupção ativa e teria o objetivo de garantir oito votos da bancada do PDT ao Planalto. Antes, diz a legenda, havia seis indecisos e dois contrários.

Eles vão tentar de tudo….. Temos que ficar firmes!

 

error: Conteúdo Protegido!