Lewandowski: o Padrinho

382a68ab-34ab-404a-b1cb-c00010875b60Quando se pensava que Cunha tinha gasto seu último fôlego tentando evitar a sessão que vai cassar seu mandato, eis que os advogados do deputado e ex-presidente da Câmara acharam forças para mais uma tentativa.

Dessa vez o Mandado de Segurança apresentado ao STF pede que o deputado seja tratado com isonomia no que tange ao fatiamento do seu processo, como aconteceu com a ex-presidente Dilma Roussef – ou seja, quer que o plenário não vote pela sua cassação, mas sim que vote em primeiro lugar sua culpa e em segundo lugar a pena, que poderá então ser proposta de forma mais branda, não a perda do mandato mas uma censura, suspensão ou algo do gênero.

No mandado de segurança, os defensores de Eduardo Cunha citam o grande padrinho Lewandowski, alegando que

é perfeitamente factível a apresentação de destaques, para prestigiar os direitos subjetivos dos parlamentares, que podem esperar que o regimento seja cumprido tal como ele está redigido

Grande padrinho.

Agora quero ver o que ele vai dizer na apreciação da matéria.

error: Conteúdo Protegido!