A Queda do Gigante: O Fim das Incríveis Aventuras

cunhabombaComo previsto, Eduardo Cunha caiu.

Mas não era previsto que caísse tão fundo.

450 votos a favor da cassação, 10 contra.

Em um mundo de tapinhas nas costas, hoje Eduardo Cunha recebeu facadas. Várias facadas.

E estava abatido. Nem parecia o velho Eduardo Cunha, poderoso, prepotente, arrogante. Toda a arrogância caiu por terra diante das inúmeras humilhações a que ele foi submetido no plenário da câmara. E que humilhações. Tudo o que se disse que não se devia fazer com Dilma ante sua óbvia queda – tudo isso fez-se com Cunha.

Humilhado, pisado, cassado, processado… parece ser o fim daquele que foi um dia a eminência parda do governo.

Mas será que é o fim?

Em entrevista coletiva após a cassação, Cunha anunciou a publicação de um livro – e disse que ele conterá tudo o que foi guardado e trancado na gaveta.

Eu, se fosse político, teria medo.

Bin Laden perde.

 

error: Conteúdo Protegido!