A Famosa Inversão de Valores Brasileira

Até onde vai a cultura do coitadismo no Brasil?

Presos se revoltam, assassinam uns aos outros, decapitam pessoas, destroem cadeias (caso não esteja claro, PATRIMÔNIO PÚBLICO) e os meios de comunicação ficam investindo no coitadismo: Mostram que tem presos ‘presos injustamente’ pois ‘só traficaram’ e deviam ter pena alternativa… mostram esposas esperando de noite pra entrar pra visita no dia seguinte (sim, tipo aquelas que estavam tentando colocar fogo no sofá em frente à cadeia ou tipo aquela que agrediu uma repórter ao vivo) e ressaltam como as condições são ruins, como tem pouca acomodação, comida ruim (bicho no feijão… omg…) e como os guardas são maus porque não permitem ‘nem celular’ (!!!!).

Esquecem de mostrar: As pessoas assassinadas pelos caras, as crianças que eles viciaram ou que morreram ajudando no tráfico, o coitado do trabalhador que nunca roubou ou traficou e que não tem nem o bicho do feijão pra comer.

ABSURDO.

Que seja feito o mutirão proposto por Carmen Lucia, que sejam retirados os que realmente não tem que estar lá dentro (nosso sistema é PÉSSIMO, tem gente la dentro que a pena já venceu tem anos…), mas que sejam aplicadas as penalidades corretas e justas a esses estupradores, traficantes, esses animais que não respeitam nada nem ninguém!!!!

Coitado? Coitado é o trabalhador que ainda por cima paga pela manutenção desses caras e pela bolsa presidiário que a família recebe (que chega a ser maior que o salário minimo que muito pai de família respeitável tem).

Valores invertidos… é disso que o Brasil sofre.

error: Conteúdo Protegido!