A Corrupção Chegou no Forró!

screenshot_1

E o momento entretenimento de hoje foi o comparecimento de Xand e Solange Almeida, da banda Aviões do Forró, à sede da Polícia Federal. E eles não foram dar um show particular não, foram, sim, prestar esclarecimentos.

A Aviões do Forró, assim como outras bandas, é administrada pela empresa A3 Entretenimento, envolvida na Operação “For All” da Polícia Federal, que investiga fraudes no imposto de renda. A princípio, estima-se uma omissão de receita de mais de 300 milhões de reais.

A operação envolve 76 mandados judiciais –  32 de condução coercitiva e 44 de busca e apreensão em Fortaleza, Russas (CE) e Sousa (PB). Os empresários representantes do A3 Entretenimento, Duarte e Carlos Aristides, foram conduzidos coercitivamente. Imóveis e veículos de pessoas ligadas ao grupo foram bloqueados por determinação da justiça federal – eles teriam sido adquiridos mas omitidos das declarações de imposto de renda. Até o momento foram identificados indícios de lavagem de capitais, falsidade ideológica e associação criminosa.

Mas nem o forró escapa?

error: Conteúdo Protegido!